Tuesday, September 25, 2007


Resistir e vencer!

Há umas semanas fui ver um concerto. O artista era José Mário Branco que acompanhado de uma guitarra e um microfone, foi escavando caminho pelos meandros revolucionários. Apesar do ambiente aparentemente PREC, Zé Mário lá foi atirando à esquerda e à direita balas de críticas certeiras. Deu para chorar e deu para rir, aliás há muito que não me ria tanto. De facto, Zé Mário chegou a uma idade e a um estatuto que já pode dizer o que lhe apetecer. E foi o que fez, enquanto discorria histórias do seu passado no PCP, perante uma plateia estupefacta que certamente terá engolido uns quantos sapos. O momento alto foi quando o cantautor alude a um episódio em que tal como Cândida Ventura, o Partido (PCP) aconselhou a autocrítica ao então camarada Zé Mário pelas suas tendências pequeno-burguesas despoletadas, no seu caso, por um fado. Ao que este responde: Mas eu não fiz autocrítica!
E aí, eu realmente não aguentei e acho que as minhas risadas resvalaram nalgum incómodo comunista. Acredito que Zé Mário tenha conseguido com este espectáculo fazer a sua catarse, tal como Cândida Ventura, Raimundo Narciso ou mesmo Zita Seabra. Mas o que fica deste espectáculo é o apelo quase desesperado à nossa indignação, pela política, pelo estado de coisas, pela nossa apatia. E isso deveria preocupar-nos, o sermos apáticos, o acreditarmos piamente nos outros e nas suas capacidades governativas e depois chamá-los de bandidos e ladrões em frente à televisão porque não cumprem com o que prometeram. E nas próximas eleições lá vamos nós votar naquele que deu mais aventais e canetas por metro quadrado. E é isto a democracia...

2 comments:

KADO said...

Ele há dias em que voto pela apatia, pelo alcofa, pela verborreia televisiva de domingo, pelo queque de chocolate do sr. Rosa. Mas há dias que temos de lutar. lutar contra a apatia e o vazio, lutar por nós. E lutar por rir no meio disto tudo.
Ele há dias...

Eurídice Furtado Monteiro said...

Olá
Estou aqui a vasculhar o teu blog...
Sábado livre, vou aproveitar para fazer tudo, menos o que devia.

Bjs
Eury

Blog Archive