Thursday, September 28, 2006

O Padre Mário é uma figura pouco ortodoxa do nosso meio. Primeiro porque tem consciência e depois porque é o único que se importa com o que se passa no mundo cristão e laico. Mas deixemos a palavra a este senhor.

2 comments:

Mario said...

Pois mira que eu nunca gostei dos padres, e vai-me caer bem o homem este. Claro que em Portugal o tema do aborto está numha situaçom tam precária e dificultosa que é normal que até os cregos saiam com estas. Contava-me umha camarada que lá ainda há mulheres com causas judiciais pendentes por aborto que poderiam passar bastantes anos no caldeiro. Vivir para ver, às vezes nem com umha revoluçom chega.

pipi das meias altas said...

É certo que si. vaise ainda hoxe parar ó caldeiro por abortar en Portugal. É por isso que a xente con pasta se vai a España facelo. A ver se desta vez se vota con sentido!
Canto ó senhor este, hai que dicelo que non lle cai moi ben à igrexa en xeral e en particular, terás que ver a súa bibliografia que é moi clarificante!
(Este é un momento histórico, estamos diante o primeirissimo blog bilingue da historia blogueira!)

Blog Archive